segunda-feira, 1 de novembro de 2010

"Não falando por um ano nem três ou quatro anos, pra sempre"


Há algo sobre você
Que eu nunca disse
Em versos que traduz
A pureza d'alma que sente

Ao cruzar teu caminho
Não me sinto mais o mesmo
Você seduz de mansinho...
Teu olhar desperta o desejo

Minutos te admirando
Sua poesia me prendendo
Seus olhos me fitando
No mágico momento

Personalidade fascinante
A falta que você me faz...
Traz-me tristeza dissonante
Em um dia de rotina a mais

Verdade não pode esconder,
Você talvez nem perceber
Segredo guardado no intimo
Que nunca vou te esquecer...

5 comentários:

  1. Olá, Benjamin.

    Que poema encantador!
    Vc desenhou com letras uma imagem linda de uma mulher... da sua mulher amada. :)
    Lindo, amigo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Prá sempre não é muito tempo?
    Um bom feriado! Abç!

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema...
    Um dos muito que eu adorei!!
    "Há algo sobre você
    Que eu nunca disse
    Em versos que traduz
    A pureza d'alma que sente"
    Amei isso!

    ResponderExcluir
  4. Sinto bem no pé da letra a ternura causada em suas palavras.

    BeijooO'

    ResponderExcluir