terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Parece que estou descobrindo o porquê...




Por tênues momentos eu me sinto cruzando seu território quando você me olha daquele jeito... todas pequenas coisas que você fez me trouxe algumas lembranças, daí ontem à madrugada fiquei horas a ler cartas, cartões... com tudo isto resta-me contar-lhe os motivos que estão na causa que me manteve aceso...O único lugar ao qual pertenço eu desejo estar...VOCÊ... sinto muitas coisas, mas nenhuma delas é arrependimento. Porque você foi metade que me fez completo... Não pode haver “nós” sem você a única pessoa que vê minha alma... Tenho tanta certeza disso quanto tenho que um dia ainda vou deixar de ser bobo, parar de sonhar e imaginar besteiras...

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Quando meu corpo morrer, que minha alma seja concedida a glória do Paraíso.



Mesmo acorrentado pelo seus olhos...preso na distância... o sentido da vida nada mais é que amar...Não esqueça a fonte do seu grande valor...Não é ouro, joias ou qualquer coisa material... a fome, a sede, o sexo...A única coisa em que devemos esperar é no amor... Esgotei todos meus recursos nesse ideal verdadeiro...é o único lugar que me sinto real...escrito nas entrelinhas do destino...porque no mundo não há ninguém como você...Humilde, confusa, mas quando te vejo minhas pernas tremem...e longe os dias parecem anos...perto o sonho é o sonho e o seu sussurro nos meus ouvidos é grito...nenhum tempo deveria ser desperdiçado... nessa vida passageira...eu tenho dito quando aprendi o que no meu coração estava escrito: Ame-a.

Linda, a desilusão liberta você do desejo de posse e a felicidade é um trabalho interno que consiste em amar incondicionalmente...

Meu corpo desperta cada dia com um desejo: Amar-te como te amo.


 
Não posso soltar suas mãos, meu melhor tempo está preso em você...eu ouço sua voz e desejo que meus sonhos se tornem reais...nas linhas do horizonte percebo que se eu não estivesse segurando suas mãos a ânsia dos vícios me entregaria...sem suas mãos, a única coisa que sobra são sentimentos de dor...em meio a escuridão... você me olha e seus olhos traçam minha alma linha por linha...por suas mãos...posso gastar toda minha vida só por um momento de felicidade sua...

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

“Linda”... Seu corpo está revestido em pele... Está dentro e fora deste mundo... Sua pele está marcada e você sofre... Secretamente linda”


Calço tristes sandálias de letras e não sei bem o que escrever, por menos impactante que sejam as palavras é lindo discorrer o vazio... Cartas se perdem no caminho, nunca alcançam o outro lado e se as alcançassem não entenderiam... Um frio na barriga, medo de vírgulas loucas, motivos efêmeros, silabas sem sentido... Fitar no eixo dos olhos é sentimento... Exorcizar declínios exibicionistas, palavras que contentem estéticas, cadencia, rimam esmero... Eu temo a sinceridade como uma seta que atinge o coração em cheio, que transcendem a gramática, fonética... Gravuras corpóreas de arrependimento, autoflagelação do ego... Preterir os estímulos, apelos sensacionalista, atenção... Olvidar a fatiga existencial, badernas psíquicas, programações neurolinguisticas... Cá com meus botões: o eterno sono me atrai e isso eu não entendo... Estou no mundo errado...

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Eu pensava passar a minha vida inteira voando...



Hoje magoei alguém, percebi no verdadeiro eu, no íntimo... Recorrente duvida... Doce insônia discorre a meia luz no meu quarto... É impossível juntar todas as penas espalhadas pelo vento...
Busquei no vazio um pedido de desculpas, experimentando respostas Inconceptas e vagas... Perdão implora o humano... Só o tempo:- Dirá no Pensador....

Khaled Hosseini
A cidade do Sol


“As palavras são só palavras, e nunca ouvi dizer que em um coração magoado fosse possível se penetrar pelo ouvido”.