terça-feira, 16 de novembro de 2010

"Quem revelará o mistério que tenha fé e quantos segredos traz o coração de uma mulher"


Nasceu a muito no coração
Intenso e bem disposto
Sua gloria espelhava
Os reis invejavam...
O tempo passou
Da beleza a tristeza...
A falta do amor ardente
Secou o pranto
Como raiz de terra seca...
Rosa entre espinhos
Ave sem ninho...
Dos lindos dias de verão
Dos ruidosos ventos sul
Mui belo rico apreço
Posso te dizer:
EU ERA FELIZ.

6 comentários:

  1. Nossaaaaa.... Adoro demais essa música!
    Muito bom gosto.
    Bejinhos

    ResponderExcluir
  2. É linda esta música, meu querido.
    Adorei.
    Beijos
    Renata

    ResponderExcluir
  3. seus poemas são sempre especiais.
    tem mta beleza neles, sentimento, amor.
    admiro muito a alma dos poetas, gostaria de sê-lo.
    abraços meu amigo!

    ResponderExcluir
  4. Olá...passei pra conhecer...e ja estou seguindo...grande beijo!

    ResponderExcluir
  5. Porque será que só nos damos conta do quanto eramos felizes quando ja nao temos mais a felicidade?porque não temos a habilidade de ve la no momento para entao senti la em toda a sua intensidade?
    Amo essa musica....

    ResponderExcluir