domingo, 27 de fevereiro de 2011

“E então é isso como você disse que seria; a vida corre fácil pra mim a maioria das vezes.”



Há um silêncio profundo
Daquilo que imaginei...
A sensibilidade da alma
Os sentidos do corpo
Machuca e vai embora,
Sem vestígios...
Invade o coração
Maltrata em verso e prosa
Tirando a paz,
De quem só procura um caminho:
Ser feliz...
Sangra, despedaça, implora,
Escoa a escuridão da noite
Ou alvoreça o dia.

2 comentários:

  1. Adoro essa musica!
    E adoro passar por aqui...voce sempre me encanta!!

    ResponderExcluir
  2. EI AMIGA
    Todas as pessoas que encontramos nesta vida,
    com certeza não são por acaso...
    Algumas nos provocam diferentes tipos de
    sentimentos...
    Experimentamos amor, paixão, raiva, alegrias...
    De repente alguém surge em nossa vida, e por
    afinidade ou algo inexplicável, adquirimos por
    essa pessoa um sentimento carinhoso... único.
    São amizades eternas... amigos são preciosidades!
    São laços que criamos e que devemos sempre
    cultivar... Nos dão forças pra continuar!
    Que maravilha este nosso mundo!!!
    Não importa se virtual ou real...
    Sentir, experimentar emoções e ao mesmo tempo
    Amar, pois todos os sentimentos nada mais são do
    que AMOR!
    BJOS

    ResponderExcluir