sexta-feira, 5 de março de 2010


Sei que está sofrendo, vejo no teu olhar...
Fico pensando em te falar,
Mais não quero magoar,
O melhor agora é me esquecer,
Hoje estou pensando mais em mim
Nada que você faça pode mudar...
Sabemos bem quem vai sofrer
Eu que sempre acreditei que prá sempre vou te amar...
Mas, eu só te quero tão bem,
Sei que é tarde prá dizer adeus.
Ficarei só,
Você muito me faz sofrer
Meu anjo... Quis ficar bem perto,
Nosso amor era legal prá mim
Até o dia que decidiste,
E se achando demais... Pisou
Foi duro te ver partir,
E amar quem não me quer é difícil.
Sabe... Quando penso que me libertei...
De madrugada chega à solidão,
Sentado perto da fogueira e tão longe de você...
Desperta em mim em pensamento,
Depois de uma taça de vinho, fecho meus olhos
Vejo o fogo escrevendo teu nome (.....)
Você é a estrela que ilumina meus passos
Choro toda vez que entro em nosso quarto
E lembro-me de você olhando no seu retrato.
Você é minha fonte de inspiração.
Como seguir sem teus sorrisos, sem teus abraços,
Sem o toque das suas mãos,
O brilho do teu olhar cor de mel,
O teu corpo nu, deusa do prazer.
Você mudou de atitude e não pude perceber
Agora sei por que, e um dia você para prá entender
Sempre fico bobo, te dou amor,
E você brinca de amar.
Hoje... Só Deus sabe a minha dor.

Um comentário:

  1. Meu amigo Lindo poema, triste mas lindo.

    beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir